Logo

Atitudes Cristãs: Mente saudável!

“Finalmente, irmãos, tudo o que for verdadeiro, tudo o que for nobre, tudo o que for correto, tudo o que for puro, tudo o que for amável, tudo o que for de boa fama, se houver algo de excelente ou digno de louvor, pensem nessas coisas.” (Filipenses 4.8)

Sob diversos aspectos, somos aquilo que pensamos. E o que pensamos? Aquilo que ouvimos, aquilo que lemos e aquilo que sentimos. Mas de alguma forma, somos os responsáveis e podemos decidir o que ocupará nossa mente. Por isso devemos ser bons gestores deste espaço vital, que tanto nos influencia. Não é sem razão que Paulo nos adverte sobre o que devemos pensar. O texto de hoje é muito importante, pois nos coloca diante de uma questão que pode definir nossa qualidade de vida e nossa capacidade crescer espiritualmente e de ser feliz: podemos escolher, tomar decisões sobre o que pensamos!

Muitas vezes somos vítimas de nossa mente viciada em pensar o que não nos ajuda a ser melhores. Quando voltados ao passado, muitas vezes só pensamos no que nos desagradou, nas coisas que nos feriram, nos erros que cometemos. Quando voltados para o futuro, muitas vezes só pensamos negativamente sobre o que virá, alimentando nossos medos e até mesmo ira, pensando em pessoas e imaginando encontros desagradáveis com elas. Satanás, que é astuto, certamente trabalha bastante por meio de nossa mente, nos sugerindo pensamentos inadequados.

Como cristãos devemos administrar melhor nossos pensamentos. Já no Antigo Testamento, em meio a suas angustias e dores, Jeremias diz: “Quero trazer à memória, aquilo que me dá esperança: as misericórdias do Senhor são a razão de não sermos consumidos. Elas não tem fim e se renovam a cada manhã” (Lm 3.21-23) Paulo tinha como prática esquecer-se das coisas que ficavam para trás e seguir em frente, olhando para Cristo. Como cristãos devemos seguir esses exemplos. Devemos lutar contra pensamentos destrutivos, pecaminosos, baseados no egoísmo, antipatia, ressentimento, ira e tantas outras coisas que bem podem ser listadas como obras da carne, a exemplo do que encontramos em Gálatas 5.19-21. E, ao contrário, devemos buscar o fruto do Espírito que encontra-se no verso 22. E isso deve começar com nossa mente.

O cristianismo é um convite a mudança de mente. Se permitirmos, o Espírito Sando nos ajudará. Mas precisamos nos decidir por uma mente saudável. Precisamos enfrentar e destronar nossos pensamentos inadequados. Viva hoje da melhor maneira, pensando os melhores pensamentos. Isso é adoração.

 

Autor: http://www.ibpc.org.br/wordpress/2012/04/atitudes-cristas-mente-saudavel-devocional-diario-19-abr/

<< Voltar

Palavras chaves relacionadas: Gasques Advocacia -